Simetria conforme e T-dualidade no modelo σ para cordas fechadas.

Nome: Rheymisson Prado Pereira
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 06/04/2020
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Galen Mihaylov Sotkov Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Andre Luiz Alves Lima Examinador Interno
Galen Mihaylov Sotkov Orientador
Igor Figueiredo Justo Examinador Externo
Marian Stanishkov Examinador Externo
Ulysses Camara da Silva Examinador Externo

Resumo: Simetrias conformes determinam a forma específica da ação para cordas no caso em que o espaço-tempo auxiliar não é plano, bem como fixa sua dimensão D. Quando existem dimensões isométricas, a ação obtida apresenta o fenômeno de T-Dualidade, do qual pode-se obter backgrounds
distintos que são equivalentes.
Essa dissertação estuda T-dualidade para o caso em que as isometrias são abelianas. É feita uma revisão sistemática da corda clássica fechada e sua quantização, tanto no calibre do cone de luz quanto no calibre conforme. A forma como cada calibre lida com fantasmas, fixa a dimensão do espaço-tempo e o espectro sem massa da teoria são deduzidas em detalhes. O modelo sigma é deduzido como ação efetiva resultante da inclusão do espectro sem massa no espaço plano. É mostrado que a imposição de simetria conforme implica em equações para os campos de background e, em particular, uma versão estendida das equações de Einstein em D dimensões. O fenômeno
de T-Dualidade é demonstrado na ação de Polyakov. Para a ação mais geral do modelo sigma, é mostrado que a T-Dualidade abeliana ocorre e pode ser entendida como uma transformação canônica conectando dois sistemas distintos que descrevem a mesma física, neste processo são deduzidas as Transformações de Buscher. São apresentados 3 exemplos de interesse na pesquisa contemporânea, dois ilustram o uso de T-Dualidade na obtenção de backgrounds equivalentes e o último estende o método para dimensões não isométricas. Concluímos propondo utilizar os métodos descritos no texto para investigar a possibilidade da dedução das simetrias de inversão do fator de escala nas teorias gravitacionais assintoticamente AdS.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910